Jundiaí-SP
+11 95302-3121
contato@cakecomunicacao.com.br

Tendências de Design para 2018: saiba o que usar no próximo ano!

Consultoria em Marketing Digital

Tendências de Design para 2018: saiba o que usar no próximo ano!

O design é uma área com novidades constantes. Descubra quais tendências estarão presentes no próximo ano e prepare-se para estar à frente!

Assim como as demais áreas de conhecimento e criação, o design passa por mudanças sutis todos os anos. Novas tendências surgem e estouram por um período, sendo que algumas podem estender-se por vários anos.

Com 2017 acabando, chegam as previsões para o que estará em alta 2018.

Se essas previsões estão certas saberemos somente no próximo ano. Mas até lá selecionei algumas que considero as mais promissoras.

Então, sem mais delongas, venha descobrir quais são!

Cores vibrantes

Com a quantidade cada vez maior de informação disponível para as pessoas na internet, é preciso que seu conteúdo se destaque dentre os demais.

Em 2018 isso vai continuar sendo uma necessidade!

Uma maneira de fazer isso é utilizando cores claras e vibrantes, que chamam a atenção do usuário.

Porém, é preciso atenção! Como já expliquei aqui, o uso de cores vibrantes pode ocasionar em fadiga visual, o que leva as pessoas a olhar para o outro lado assim que veem seu conteúdo.

Procure equilibrar cores vibrantes de maneira harmoniosa, assim como a empresa Spotify fez com sua nova identidade visual:

Spotify

Gradientes

Ainda falando sobre cores, uma tendência recorrente desde que o Instagram mudou completamente sua identidade visual é o uso de gradientes. Acredito que em 2018 não será diferente.

Gradientes utilizados com cores vibrantes podem ser a combinação perfeita para um visual atraente e chamativo no ano que vem.

ios11

Exemplos de gradientes bem utilizados: o pacote de papéis de parede do novo iOS 11.

Tipografia e Lettering

A tipografia também é uma tendência recorrente, mas, por ser bastante mutável, nunca sai de moda.

Assim como no uso das cores, a previsão para 2018 é de que esses elementos chamem a atenção do usuário. Por isso, invista em fontes grandes, grossas e vibrantes.

Os estilos de tipografia mais populares provavelmente serão escrita à mão3D e geométrica.

chris

Trabalho de lettering feito pelo artista Chris.

Formas e linhas geométricas

Formas geométricas são uma tendência presente já há algum tempo no design. Acredito que também continuará presente em 2018.

A previsão para o ano que vem, porém, é de que haverá aumento no uso de linhas mais “curvas”, que resultam em layouts mais suaves.

Courtney Windham

Um exemplo ótimo de formas geométricas no design é o poster da empresa de design Courtney Windham para seu prêmio interno em 2015.

Ilustrações

Ao mesmo tempo, em contraste com as formas geométricas bem definidas, houve um crescente uso de ilustrações feitas a mão, o que deverá seguir forte para 2018.

Além de dar um lado mais humano para o design, permite explorar um visual mais descontraído e amigável.

Ramotion

Ótimo exemplo de ilustração feita pela excelente Ramotion.

Mistura de estilos

Ilustrações são ótimas, fotos também. Por que não juntar as duas?

Essa é uma tendência que acho que será forte em 2018: a mistura de estilos. Seja do exemplo já dado, seja usando fotos e elementos 3D ou formas geométricas e pincéis artísticos: as possibilidades são várias.

Essa é uma forma excelente de inovar no design e criar um layout único e original que se destaca entre os demais.

Maria Groenlund

Feito pela designer Maria Grønlund.

Dupla exposição

dupla exposição é uma técnica de fotografia que gera resultados belíssimos e impressionantes, além de tornar possível retratar duas fotografias em uma só imagem.

É uma tendência que ficou popular com cartazes de filmes e capas de álbuns musicais. Está presente há algum tempo já e a previsão é que continue forte em 2018.

alexis

Criado pelo artista Alexis.

Formas 3D

Composições 3D chamam a atenção desde que se tornou possível fazê-las digitalmente. Com o passar dos anos, o avanço tecnológico que temos hoje em dia permite a criçaão de imagens surreais que, ao mesmo tempo, são extremamente fotorrealistas.

Acredito que em 2018 isso se torne uma tendência, já que esse ano foi o início do uso popularizado dessa técnica. Vimos algumas empresas migrarem seu logo para o 3D e outras utilizando como showcase de produtos.

Motorola

A Motorola recentemente tem adotado a interação entre o 3D e o plano nas imagens institucionais.

O uso do 3D possivelmente focará em duas categorias: formas coloridas e layouts monocromáticos.

Como a descrição já é bem explicativa, falarei sobre as vantagens do uso dessas composições.

Ambas fazem com que o produto ou objeto que esteja em foco destaque-se bastante. Na primeira, isso é feito pelo contraste entre um objeto e fundo neutro, enquanto na segunda o volume colocado em evidência com o jogo de luz e sombra.

formas 3d

Pelo artista Magdiel Lopez.                                     Pelo designer Hugo Aranha.

Espaço negativo

O uso criativo de espaço negativo torna possível criar formas inusitadas onde não haveria nada. É uma tendência que não é novidade, mas promete continuar forte em 2018.

O espaço negativo destaca o objeto no qual está o foco e direciona a atenção do usuário para onde ele deve olhar na composição.

Lew’LaraTBWA.

Anúncio feito pela agência Lew’LaraTBWA.

Asana

Além disso, é possível usar a tipografia junto ao espaço negativo, resultando em uma interação que gera resultados bastante únicos.

Espaço negativo

Pelo designer Bernie Jezowski.                                             Pela designer Olga Glric.

Animações

Animações são a cereja do bolo. Elas não são necessárias, mas complementam qualquer composição. Afinal de contas, uma imagem em movimento chama muito mais atenção que uma imagem estática.

Como 2017 seguiu por esse caminho, acredito que será tendência também em 2018.

Um exemplo que gosto bastante é o site da Apple, que incorpora animações bastante inusitadas que geram um resultado incrível a medida que você navega na página.

apple

Cinemagrafias

Confesso, cinemagrafia é um termo que era desconhecido por mim até o início deste ano. Essas composições são características de serem imagens aparentemente estáticas com apenas um elemento ou outro em movimento.

São GIFs nos quais não fica claro quando é o início e o final, criando um loop eterno de um movimento discreto.

Alguns designers preferem essas composições pois elas tendem a ser mais elegantes e confortáveis de olhar do que um GIF comum.

Assim como falei no tópico das animações, são pequenos detalhes que prendem mais a atenção do usuário em uma imagem em movimento do que uma estática, e isso faz com que essa tendência ganhe força em 2018.

cinemagrafia

Conclusão

Prever tendências para o futuro nunca é uma tarefa fácil.

Como o design é uma área bastante mutável, só poderemos comprovar se as previsões escritas neste post irão se concretizar — ou não — no ano que vem.

Porém, observando como foi 2017 e como estamos caminhando para 2018, fico seguro de afirmar essas previsões.

2018 será, principalmente, uma disputa de como fazer seu conteúdo chamar mais atenção que o do concorrente. Creio que usando as dicas apresentadas no texto você poderá se sair muito bem nisso.

Apenas reafirmando, não sou vidente!

Então, concordam comigo? Discordam? Deixe um comentário caso queira colocar seu ponto de vista! Espero que tenha ajudado e até a próxima!

Ah, e não se esqueça: esse mês estamos fazendo vários sorteios! Inscreva-se no formulário abaixo para ganhar 3 camisetas da Rock Content, feita especialmente para os funcionários e que pode ser sua também.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.